3/05/2017

2017 9 ANO

1.Introdução a Arte

A Arte faz parte do ser humano e da sociedade desde a pré-história até os dias atuais; fez e faz parte de toda produção cultural do homem, introduz novos modos de pensar, novas relações, novos pensamentos e ideias, emoções e anseios que habitam no interior tanto do Homem como da sociedade. E, ainda capacita o indivíduo no seu modo de interpretar, compreender, representar, imaginar o mundo.
Atualmente, não há um conceito exato para o que se é Arte. Sabe-se que nosso planeta vem sofrendo modificações culturais, e, a Arte, consequentemente tem sofrido transformações. Antigamente, a beleza estava vinculada a Arte, hoje, nem sempre vimos isso. No entanto, ela não perdeu sua essência, está ligada intimamente ao Homem, em si, a Sociedade e a cultura inserida na mesma. Se olharmos a nossa volta, veremos que estamos rodeados pela Arte. Ela domina todo espaço em que vivemos, determina nosso modo de ser; o que somos individual e coletivamente.

POÉTICAS NO TERRITÓRIO DE PROCESSO DE CRIAÇÃO - APRECIAÇÃO

Marulhos – Cildo Meireles - A obra Marulho é composta de um píer de madeira que avança sobre uma sala ampla onde se encontram, sobre o chão, milhares de livros abertos que se entrelaçam ordenadamente e em cujas páginas encontram-se imagens de mares distintos. No ambiente, ecoa a edição sonora da palavra água gravada em 80 idiomas.

Cia do fuxico – A Batalha dos Encantados - No espetáculo foi encenado as aventuras do sábio adivinho Ifá (- o babalaô – aquele que lê os búzios); seu encontro com a bela deusa Euá – uma boneca feita com um longo tecido azul, usando turbante e colares em tons de vermelho e rosa, cores que representam a orixá Eua. Os personagens são responsáveis pela criação do mundo na cultura e tradição afro-brasileira. Seus relatos míticos narram histórias as quais contêm questões morais e éticas universais.

Terpsi Teatro de Dança – E la nave no va -Espetáculo inspirado na obra de Frederico Fellini, investiga a relação entre o movimento - espaço e interprete, foi apresentado dentro de um trem aéreo (aeromóvel), agora em sua versão para o palco italiano torna-se um "outro" espetáculo, possibilitando aos interpretes novos jogos cênicos. "Os personagens que se encontram para realizar um filme" rompem os limites entre o real e o imaginário e proporcionam ao público duas visões do mesmo espetáculo, através de filmagens simultâneas realizadas em cena pelos intérpretes.

Balé Da Cidade De São Paulo - Baile Na Roça: Coreografias Para Portinari - Portinari pintou festas populares de sua cidade natal no interior de São Paulo, Brodósqui. O espetáculo remonta bailes e festas de sua terra, e figurinos e os cenários do balé Iara, apresentado no Brasil em 1946 pelo Original Ballet Russe., da rainha das águas e sua luta contra o Sol da seca nordestina. A coreografa Ana Teixeira quis mostrar as mulheres fortes através de seus pés, suas mãos e costas marcantes nas telas.

Gota d’água – Bibi Ferreira - Escrita em 1975 por Chico Buarque e Paulo Pontes, faz um apelo dramático das história baseada na tragédia Medéia, de Eurípedes, e das canções compostas por Chico são os chamarizes responsáveis por essa popularização atípica para uma obra deveras recente.
ATIVIDADE AVALIATIVA
1) Faça a correspondência da segunda coluna de acordo com a primeira:
(A) Marulhos
(B) A Batalha dos Encantados
(C) E la Nave no va
(D) Baile Na Roça: Coreografias Para Portinari
(E) Gota d’água ( ) Peça teatral sobre a cultura afro-brasileira.
( ) Peça dançante inspirada nas obras de um pintor brasileiro
( ) Exposição visual que representa um grande mar com figuras de mares diversos
( ) versão de um filme italiano adaptado para o palco
( ) versão da tragédia de Medeia para uma comunidade carioca.
2) as obras abaixo que Saberes Culturais podem ser observados:
a) Marulhos: _______
b) A Batalha dos Encantados:____
c) Baile Na Roça: Coreografias Para Portinari:__
d) Gota d’água:____
e) Águas de Março:_____
3) Marulho, A Batalha dos Encantados tem um tema em comum. Qual é o tema?

9. Ano – Uma Conversa Sobre A Materialidade Nas Linguagens Artísticas

Apreciação
A obra de Magritte e Nuno Ramos, vemos a chuva co o ameria da arte, resignificando e provocando novas sensações e pensamentos.

Situação De Aprendizagem Dança

Samwaad – Rua do Encontro - o espetáculo proporciona os conhecimentos multiculturais, apresentando vários ritmos e gêneros musicais, originários de várias culturas. A música é baseada em escrituras sagradas do hinduísmo que fala sobre iluminação e entendimento. O timbre do tamborim dialoga com a citara indiana, o samba dialoga com o odissi. Os elementos de várias culturas: samba, choro, dança de rua, capoeira, bharata natyan, dança afro e os clássicos acordes indianos em uma fusão espetacular, garantem o a harmonia de corpos de diferentes vivências, trajetórias e identidades. O nome “Samwaad” em hindu significa harmonia, característica foi garantida e, também apreciada pelo seu público no decorrer de todo o espetáculo.
Na dança vimos a variação de movimentos acrescido com uma temática integram a coreografia que é praticada sob um ritmo de terminada musica, efeitos sonoros ou do silencio. Corpo, voz, gesto, texto, ação, cenário, figurino, musica, luz são elementos da linguagem teatral, causando múltiplas possibilidades interpretativas em cada obra.

Situação De Aprendizagem Artes Visuais
Na curadoria da obra dos artistas Nuno Ramos, Vik Muniz e Leda Catunda percebemos a diversidade de materiais e modalidades que usaram,  de suportes,
 Ferramentas e procedimentos. A visualidade sobre a composição, espaço, escala bi e tridimensionalidade, a relação figura/fundo,  cheio/vazio, dentro/fora, aberto/fechado, dão varia possibilidades nas temáticas.







Nenhum comentário:

Postar um comentário